“No one will recall”

Stockholm Syndrome*

Muse

I won’t stand in your way
Let your hatred grow
And she’ll scream
And she’ll shout
And she’ll pray
And she had a name
Yeah, she had a name

And i won’t hold you back
Let your anger rise
And we’ll fly
And we’ll fall
And we’ll burn
No one will recall
No one will recall

This is the last time i’ll abandon you
And this is the last time i’ll forget you
I wish i could

Look to the stars
Let hope burn in your eyes
And we’ll love
And we’ll hope
And we’ll die
All to no avail
All to no avail

This is the last time i’ll abandon you
And this is the last time i’ll forget you
I wish i could

This is the last time i’ll abandon you
And this is the last time i’ll forget you
I wish i could

* Síndrome de Estocolmo: estado psicológico no qual vítimas de seqüestro, ou pessoas detidas contra sua vontade, desenvolvem um relacionamento com seu algoz.

A síndrome se desenvolve com as vítimas tentando identificar-se com os seqüestradores, a princípio como mecanismo de defesa, por medo de retaliação e/ou violência. Pequenos gestos por parte dos captores são frequentemente amplificados porque, do ponto de vista do refém é muito difícil, senão impossível, ter uma visão clara da realidade nessas circunstâncias. As tentativas de libertação são, por esse motivo, vistas como uma ameaça porque o refém pode correr o risco de ser magoado nesses mesmos atos. É importante notar que estes sintomas são conseqüências de um stress emocional extremo, por vezes até físico. O comportamento é considerado como uma estratégia de sobrevivência por parte das vítimas.

A síndrome recebe esse nome em referência ao famoso assalto a banco ocorrido em Estocolmo, Suécia, que durou de 23 de agosto a 28 de agosto de 1973, onde as vítimas defenderam seus captores mesmo depois dos seis dias de prisão física terem terminado. O termo foi cunhado pelo criminólogo e psicólogo Nils Bejerot, que ajudou a polícia durante o assalto, e se referiu à síndrome durante uma reportagem. Desde então ele foi então adotado por muitos psicólogos no mundo todo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s