“A luz dos teus olhos era mais preciosa”

Foram-se os belos, os ternos, os bravos.
Foram docemente, em silêncio, alimentar as rosas
Elegante curva-se o botão, e é perfumado, eu sei.
Mas não aprovo, e não me conformo:
A luz dos teus olhos era mais preciosa
do que todas as rosas deste mundo.

Edna St. Vincent Millay

Anúncios