go and catch a falling star…

john donnejohn donne nasceu em londres, no ano de 1572. filho de john donne (seu pai tinha o mesmo nome) e de elizabeth heywood. órfão de pai aos quatro anos de idade, foi criado pela mãe junto com os seus cinco irmãos. nascido católico, converteu-se ao anglicanismo, tornando-se pastor em 1615. sua mãe era sobrinha-neta de Thomas More e sua família parecia fadada ao martírio, sofrendo perseguições religiosas e, em alguns casos, o exílio. donne estudou em oxford e cambridge, mas não obteve sua graduação por se negar, nas duas universidades, a fazer os Votos de Supremacia. estudou leis e veio a seguir carreira diplomática. sua poesia era considerada sensual e realista. um boa parte de sua herança foi desperdiçada com mulheres e bebidas, tendo, em seguida, vivido em extrema pobreza, sendo auxiliado pelos préstimos de amigos. escreveu sonetos, poemas de amor e também vários poemas religiosos. donne faleceu em 1631 e sua obra foi publicada apenas em 1633. de sua autoria, songs:

go and catch a falling star,
get with child a mandrake root,
tell me where all past years are,
or who cleft the devil’s foot,
teach me to hear mermaids singing,
or to keep off envy’s stinging,
            and find
            what wind
serves to advance an honest mind.

if thou be’st born to strange sights,
things invisible to see,
ride ten thousand days and nights,
till age snow white hairs on thee,
thou, when thou return’st, wilt tell me,
all strange wonders that befell thee,
            and swear,
            no where
lives a woman true and fair.

if thou find’st one, let me know,
such a pilgrimage were sweet;
yet do not, i would not go,
though at next door we might meet,
though she were true, when you met her,
and last, till you write your letter,
            yet she
            will be
false, ere i come, to two, or three.

(John Donne)

Anúncios