Dulce est desipere in loco

Dulce est desipere in loco. Conselho de Horácio a Virgílio in Ode IV, 12, 28.
É doce enlouquecer de vez em quando,
numa alusão para que misturasse um pouco de loucura à prudência que caracterizava suas obras.
(…)
“Nigrorumque meraor, dura licet, ignium,
Misce stultitiam consiliis brevem.
Dulce est desipere in loco”
Horácio

Aos leitores:
Horácio – Odes (em portugês)
Horácio – Odes (em inglês)
Horácio – Odes (em latim – parte 1)
Horácio – Odes (em latim – parte 2)

Uma opinião sobre “Dulce est desipere in loco

  1. Pingback: Os desejos inconscientes do homem são seu destino | DULCE EST DESIPERE IN LOCO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s